Para algumas pessoas, o SAT pode parecer uma prova interminável, mas na verdade o exame dura 3 horas, fora alguns intervalos que ocorrem durante o teste (um de 10 minutos e outro de 5 minutos).

A forma como a duração do SAT é gerenciada em cada seção é a chave para obter uma pontuação alta. Portanto, o candidato não pode pensar no relógio como um inimigo, e sim descobrir como operá-lo.

Qual é a nota média do SAT?

O teste consiste em três seções: leitura, redação e linguagem e matemática. A seção de leitura de 65 minutos é composta por 52 questões de múltipla escolha; a seção de redação e linguagem, que dura 35 minutos, contém 44 questões de múltipla escolha; e o teste de matemática de 80 minutos apresenta 58 questões, 45 das quais são de múltipla escolha e 13 que exigem uma resposta produzida pelo aluno.

Até recentemente, o SAT incluía uma redação opcional que adicionava mais 50 minutos. Mas esse essay, que já não era amplamente exigido pelas faculdades e universidades, não estará mais disponível a partir de junho. E isso será benéfico no sentido de que a eliminação dessa etapa do teste economizará o tempo de preparação e prática dos alunos. E pode acreditar que 50 minutos, ainda que não pareça, fazem muita diferença!

duração-do-sat
(Foto: Admissions360/Flickr)

Gestão do tempo no SAT

Parte de uma estratégia de teste bem-sucedida inclui saber quanto tempo deve ser gasto em cada questão. Ao longo da duração do SAT, os alunos têm uma média de cerca de 1 minuto e 10 segundos por questão, mas alguns problemas no exame são mais difíceis e podem demorar mais.

Por isso o recomendado é que os candidatos aloquem seu tempo para responder às perguntas mais fáceis primeiro, deixando as perguntas difíceis para mais tarde.

Existe uma nota ideal do SAT?

Entenda que o SAT não é apenas sobre responder as questões, e sim sobre resolver todos os tipos de perguntas propostos, entendendo o nível de dificuldade e respondendo de acordo com a restrição de tempo.

Um grande erro que muitos cometem no SAT é gastar muito tempo no início de cada seção e não deixar o suficiente para as perguntas posteriores. Muitos candidatos gastam um tempo considerável se questionando sobre as questões e indo e voltando ao longo do teste ou mesmo de uma mesma pergunta.

Para alunos que perdem a mão ao longo da duração do SAT e acabam ficando com pouco tempo restante, uma opção é simplesmente adivinhar para responder ao maior número de perguntas possível. Embora esse não seja um cenário ideal, o SAT não tem uma penalidade de adivinhação, o que pode permitir que os alunos aumentem ligeiramente suas pontuações quando o tempo da prova estiver se esgotando.

Outra dica importante é aprender o seu ritmo natural e adaptá-lo a dinâmica do SAT. Com a prática e a experiência dos simulados, os alunos podem aprender quanto tempo levam para responder às perguntas e adquirir a habilidade de controlar o tempo durante a prova minuto a minuto.

Durante esse treinamento, utilizar um relógio ou cronômetro pode ser uma boa ideia pra pegar a prática, mas lembre-se que, no dia do teste, uma das restrições impostas será em relação à proibição de dispositivos que podem ser usados ​​para gravar, transmitir, receber ou reproduzir conteúdo, e isso inclui relógios digitais. A lista de proibição, aliás, é bem extensa, e você pode conferir aqui.

Como se preparar para o dia de teste?

Além da questão do gerenciamento de tempo, outros fatores podem influenciar na pontuação do SAT. E por incrível que pareça, um problema bastante comum que afeta o desempenho de um número considerável de candidatos é a falta de sono no dia anterior ao teste. Muita gente ainda não entende, mas é essencial dormir o suficiente na noite anterior ao dia da prova, porque isso afetará diretamente a capacidade do estudante de manter o foco a longo da duração do SAT.

Qual é a nota necessária no SAT para entrar em uma Ivy League?

Além disso, muitos candidatos não estão acostumados a fazerem provas de 3 horas, por isso é importante treinar para desenvolver a resistência necessária para se concentrar por tanto tempo.

Outro fator normalmente negligenciado é a alimentação. Sabemos que é proibido comer durante a realização do teste (salvo algumas exceções), mas nos intervalos é fundamental se alimentar para manter os níveis de energia e glicose elevados, o que ajuda não só na concentração como também na resistência. Aliás, nunca esqueça disso: além de uma prova de conhecimentos, o SAT é também uma prova de resistência!

Universidade do Intercâmbio

Está em busca de mais dicas como essas para se sair bem no SAT? A nossa mentoria especializada te dá todo o suporte para conquistar sua oportunidade internacional. Clique aqui para fazer o seu teste de perfil e participar!


Rafael Cerqueira

Rafael Cerqueira

Jornalista de 26 anos que adora viajar. Baiano que já viveu em Minas, em São Paulo, em Portugal e na Argentina. Conhece 26 países e tem o sonho de conhecer muito mais. Acredita que o mundo é grande demais e o tempo muito curto pra ficarmos parados sempre no mesmo lugar.